Tertúlia Roots (Bartô)



Partindo dos resultados de uma escavação arqueológica realizada em Lagos, a “Tertúlia #6 Buala + Roots: a escravatura, ontem e hoje”, propõe hoje no Bartô uma reflexão acerca da do fenómeno sócio-histórico da escravatura.

Em 2009, a construção de um parque de estacionamento subterrâneo junto às muralhas da cidade de Lagos motivou a realização de escavações arqueológicas de salvamento que revelariam a presença de uma antiga “lixeira” urbana. Para além de produzir um volume muito importante de material e informações arqueológicas fundamentais para a compreensão da história da cidade de Lagos, a escavação desta lixeira, situada no antigoValle da Gafaria, também permitiu recuperar 155 esqueletos de escravos africanos, ali depositados entre os séculos XV e XVII.

Estes resultados da Arqueologia, servem hoje de ponto de partida para uma reflexão aberta, envolvendo cientistas e artistas, acerca da diversidade cultural no triângulo Europa, América Latina, África procurando as influências de uma miscigenação global e plural nas raízes desse processo violento. Esta tertúlia enquadra-se no projecto daresidência artística ROOTS que originou a exposição na Galleria Influx sobre um tema tabu na nossa sociedade: a escravatura. Do tráfico de seres humanos, trabalhos forçados, às migrações clandestinas, passando pela exploração sexual e fortes desigualdades sociais, reclama-se a visibilidade para uma temática que, a partir da história passada, assombra por vezes o quotidiano do presente. 


Convidados:
?Maria João Neves e Miguel Almeida (Dryas Octopetala), Abraão Vicente – artista; A. Pedro Correia – artista, Fátima Jacinto (revista (In)visível), Rui Parreira (DRCA)
22 horas, dia 15, quarta-feira
CONVERSAS BRAVIAS
Tertúlia Roots: a escravatura, ontem e hoje
Buala + LAC
No Bartô, Lisboa
Zona Franca no Bartô - LINK



Arquivo de Notícias