Rede I&D



rede

O projecto iDryas exigia a promoção de protocolos de cooperação científica com outras entidades nacionais e estrangeiras de I&D(T) que partilham objectivos comuns:

  • Produção científica de excelência, privilegiando projectos inovadores e de impacto internacional;
  • Cooperação Universidade/Empresa, potenciando a transferência de know-how para o tecido empresarial e a realização de investimentos estruturantes em I&DT;
  • Criação de uma estrutura laboratorial com capacidade de investigação, desenvolvimento e inovação;
  • Constituição de uma equipa científica e técnica estruturada, estável e transdisciplinar, absorvendo estudantes do 2º e 3º ciclos do ensino universitário;
  • Integração das vertentes laboratorial e de terreno;
  • Transferência de conhecimentos e competências para a sociedade (formação avançada, divulgação científica e cultural ao grande público).

A iDryas assume-se como um espaço colaborativo de I&DT, potenciando a capacidade de realização dos seus objectivos funcionais específicos dos co-promotores, cuja intercepção define as áreas primordiais de intervenção da iDryas: I&DT; Prestação de serviços especializados; Formação avançada; e Divulgação científica.

Às entidades do SCT interessa o potencial de produção científica, aproveitando o dinamismo e elasticidade da iDryas, e o reforço do cumprimento da sua missão social, oferecendo mais formação e conseguindo mais visibilidade social para a sua actividade I&D e mais empregabilidade para os seus alunos.

A constituição de uma rede estável e alargada (disciplinar e geograficamente) de colaborações científicas constitui condição indispensável de viabilidade e eficácia do projecto iDryas.

A parceriaoriginal Dryas/UC, constitui o núcleo central de uma rede de I&DT que permanece aberta e particularmente vocacionado para a constituição de novas parcerias e colaborações, quer nacionais, quer internacionais.

Estas parcerias fundam-se em protocolos duradouros com entidades de I&DT das mais diversas áreas disciplinares, potenciando as possibilidades de desenvolvimento de projectos de investigação co-promovidos no seio desta rede I&DT. A natureza do projecto e as suas ambições, quer de produção científica, quer de formação e divulgação científica também justificam a associação de entidades exteriores ao Sistema Científico e Tecnológico, mas cujos objectivos coincidem com os da iDryas.

Todas estas parcerias visam o desenvolvimento de projectos I&DT de excelência, de natureza transdisciplinar e, preferencialmente, com impacto nas áreas da formação especializada e/ou divulgação científica.

As modalidades de articulação da iDryas com entidades do STC e outros parceiros são avaliadas caso-a-caso, de acordo com as características específicas dos projectos a desenvolver e com a própria natureza e interesses dessas entidades, privilegiando-se o estabelecimento de parcerias estáveis, por comportarem muito maior potencial de criação científica e de formação/divulgação.

Um eixo fundamental da colaboração com intituições universitárias é a oferta de oportunidades de formação avançada em ambiente profundamente transdisciplinar na iDryas.

A disponibilização de meios de investigação e aprendizagem aos alunos dos parceiros científicos terá uma repercussão positiva na qualificação e empregabilidade desses novos técnicos/investigadores, especialmente aptos para ambientes de investigação profundamente interdisciplinares.

Trata-se de um forte investimento em recursos humanos, implicando-se a Dryas na formação dos possíveis futuros colaboradores desde os primeiros momentos do seu percurso universitário.

Mas a actividade da iDryas visa também repercussões positivas na qualificação do próprio mercado, mesmo para lá das capacidades de crescimento e contratação do grupo Dryas Octopetala. Este salto qualitativo resultará do impacto da entrada destes técnicos formados em meio interdisciplinar no mercado de trabalho, que elevará os níveis de exigência e de qualidade dos trabalhos realizados.

Este investimento profundo na formação de recursos humanos consiste numa das mais fortes apostas do projecto iDryas que garantirá no futuro a disponibilidade de quadros técnicos com competências específicas e capacidades transdisciplinares hoje ainda inexistentes em Portugal neste sector, mas que constituem a primeira e mais decisiva condição de sucesso de um projecto com as ambições científicas e de impacto social da iDryas.