Publicação Valle da Gafaria



Foi lançado o livro “A Herança do Infante” centrado na figura maior do Infante D. Henrique. Três investigadores da iDryas participam nesta obra com um texto dedicado à descoberta do cemitério de escravos africanos de Lagos.

Foi publicado esta semana o livro “A Herança do Infante”, sob coordenação de Artur Theodoro de Matos e João Paulo Oliveira e Costa. Esta obra, centrada na personagem histórica do Infante D. Henrique, reúne uma série de textos em que a figura do príncipe, a sua acção e os seus tempos são prescrutados através da pesquisa histórica e arqueológica.

Discutindo-se o legado do Infante publicámos o artigo História de um arrabalde durante os sécs. XV e XVI: O “Poço dos Negros” em Lagos (Algarve, Portugal) e o seu contributo para o estudo dos escravos africanos em Portugal. Assinado por Maria João Neves, Miguel Almeida e Maria Teresa Ferreira, apresentam-se aqui os resultados obtidos durante a escavação do Anel Verde, em Lagos.

A construção deste parque de estacionamento sito no Valle da Gafaria, junto a uma das portas da cidade, proporcionou uma oportunidade inestimável de documentação objectiva dos escravos em Portugal, através dos seus testemunhos mais directos: o seu esqueleto. Tendo sido recuperados 155 indivíduos depositados no seio de uma vasta lixeira urbana, acumulada em Época Moderna no interior e em torno de um “boqueirão”, os dados agora apresentados ajudam-nos a compreender melhor o estatuto social dos escravos e os modos de tratamento a que eram sujeitos na vida e na morte no tempo do Infante, um dos principais agentes do tráfico atlântico e escravos.



Arquivo de Notícias