Pré-Hist Touraine/Fr



A iDryas colabora com a SERAP Vallée de la Claise em mais uma campanha de análise tecnológica do material lítico do sítio paleolítico de Roches d'Abilly (Touraine, França).

Descoberto em meados do século XX no rebordo do planalto “des Roches”, perto de Abilly, na Touraine du Sud (França), o sítio arqueológico de Roches d’Abilly conheceu os seus primeiros trabalhos arqueológicos
logo nos finais dos anos quarenta, quando François os descobridores do sítio levaram a cabo as primeiras sondagens num pequeno abrigo sob rocha situado a meia altura da falésia de Roches, que ficaria conhecido como “Abrigo Bordes-Fitte”.
Com efeito, François Bordes e Paul Fitte identificaram aqui uma sequência estratigráfica com uma ocupação mustierense sobreposta por um nível arqueológico do Paleolítico superior com características mistas de diversas
indústrias antes conhecidas da reqgião clássica do Périgord. Esta mistura conferia, na perspectiva dos dois autores um carácter “aberrante” ao Paleolítico da Touraine. O sítio permaneceria, porém, uma
das raras referências de estratificações longas do Paleolítico numa região caracterizada pela abundância de sítios paleolíticos de ar livre com vasta informação acerca das indústrias líticas desde o
Paleolítico ao final da Pré-história recente.
As décadas seguintes viram algumas tentativas de exploração do registo arqueológico de Roches, porém sem que nunca se tenha conseguido alcançar resultados particularmente inovadores face aos trabalhos
de Bordes e Fitte.
Já no último quartel do séc. XX, Jean-Claude Marquet foi o primeiro investigador a interessar-se por áreas diferentes da encosta de Roches, tendo realizado trabalhos de sondagem num sector próximo, mas
já exterior ao Abrigo Bordes-Fitte. Data também desta época o reconhecimento do potencial arqueológico do sopé da vertente de Roches, graças à identificação de objectos líticos talhados nos taludes da
escavação de um campo de ténis projectado para aquele local.
Em 2007, por ocasião da realização do colóquio internacional “Le Solutréen… 40 ans après Smith’66″, a SERAP Vallée de la Claise decidiu retomar os trabalhos no Abrigo Bordes-Fitte: a realização do
colóquio oferecia a oportunidade de realizar uma limpeza de cortes deste sítio fundamental para a compreensão da transição do Paleolítico médio para Paleolítico superior nesta região.
Esse trabalho de 2007, porém, revelaria de imediato um enorme potencial arqueológico do sítio. Desenhou-se então sob a direcção científica de Thierry Aubry um projecto multidisciplinar (que envolve
especialistas de Pré-história, Geologia, Geomorfologia, Tecnologia lítica, Arqueozoologia, Paleoantropologia, Imagiologia e Geofísica) para a totalidade da encosta de Roches, percebida como um conjunto.
Os trabalhos de campo subsequentes repartiram-se por 7 anos de campanhas de escavação, ao longo dos quais se viriam a intervencionar 7 sectores diferentes do sítio.




Notícias relacionadas:

Arquivo de Notícias