História da água em Coimbra



A multiplicação de intervenções arqueológicas preventivas desde a década de 90 produziu um manancial informativo sobre a história da gestão da água em Coimbra, cuja origem na actual “alta” cedo revelou importantes dificuldades logísticas de abastecimento.

O avolumar de informações arqueológicas inéditas veio assim complementar com dados objectivos um esforço já anterior de reconstrução da evolução da gestão do abastecimento hídrico à cidade de Coimbra fundado em estudos do âmbito da História.
Em consequência, a consciencialização da importância daquela gestão (e dos conflitos sociais que provocou) para a compreensão de alguns aspectos cruciais da própria história da cidade está na base de um esforço interpretativo crescente que compulsa não apenas os documentos arqueológicos e estratigráficos, mas obviamente também inclui uma reapreciação exaustiva dos fundos documentais escritos (desde logo da Universidade de Coimbra) e a participação progressiva de outros contributos disciplinares, com particular destaque para o âmbito da Hidro-geologia.
Diversas investigadores e equipas distintas se vêm interessando pelo problema, destacando-se, entre outros projectos, o estudo do abastecimento de água ao Jardim Botânico de Coimbra, fortemente impulsionado pela direcção do próprio Jardim Botânico e muito assente numa tese de doutoramento em curso, da responsabilidade da Dra. Helena Simão.
No quadro de uma das suas linhas programáticas de I&D, orientada para o estudo da história da cidade de Coimbra, a iDryas participa neste projecto dedicado à gestão do abastecimento de água ao Jardim Botânico. A participação da iDryas neste projecto surge no seguimento de um trabalho de Arqueologia contratual executado por uma equipa técnica Dryas na Fonte dos Três Bicos, localizada na Mata do Botânico. Posteriormente, o envolvimento da equipa iDryas no projecto viria a crescer de forma muito significativa, para abranger hoje responsabilidades adicionais nas áreas da prospecção geofísica, Geomática, modelação digital do terreno, SIG, Fotogrametria, Arqueologia do edificado e Geoarqueologia.



Arquivo de Notícias