EAA’13: Adding technology



ADryas promoveu no dia 7 de Setembo uma sessão do EAA Anual Meeting dedicada à Arqueologia do edificado e discussão dos desenvolvimentos metodológicos e tecnológicos mais recentes desta sub-disciplina especializada da Arqueologia

O investimento continuado que o grupo Dryas Octopetala tem vindo a fazer na área da Arqueologia do edificado, nomeadamente através de um reforço muito importante do seu índice tecnológico (por exemplo em Geofísica e em tecnologias de teledetecção e modelação digital) justificou que  iDryas propusesse a realização de uma sessão dedicada à Arqueologia do edificado no EAA (European Archeologists Association) Anual Meeting de 2013, realizado em Pilsen (República Checa).

Esta sessão, em que foram apresentados internacionalmente diversos dos trabalhos mais recentes da Dryas nesta disciplina especializada da Arqueologia, contou também com a participação de outros autores europeus e norte-americanos, propondo assim um programa bastante diversificado, com um conjunto de comunicações capaz de produzir uma imagem abrangente dos mais recentes desenvolvimentos metodológicos e tecnológicos alcançados no âmbito da Arqueologia do edificado.

Com efeito, intitulada “Adding technology” a sessão tomou por fio condutor a inovação tecnológica aplicada a este ramo da Arqueologia.

Um simples relance sobre o programa de comunicações revela de imediato que este objectivo parece ter sido plenamente conseguido: a lista incluia apresentações de trabalhos de interpretação e caracterização de estruturas construídas, caracterizaçáo de materiais e técnicas de construção,datação radiométrica de edifìcios, Engenharia inversaFotogrametriaModelação digital 3d e inspecção estrutural, por exemplo com recurso a técnicas de prospecçáo geofísica.

Um leque muito diversificado de temas, seleccionado para promover um debate frutífero sobre a implementação de protocolos adequados de intervenção no património edificado europeu, parte fundamental  da història e herança cultural da Europa, e do papel fundamental da Arqueologia do edificado nos projectos de intervenção nesse património.

Confortada no referido esforço de investimento tecnológico – que lhe confere uma posição ímpar mesmo a nível europeu – e na capacidade operacional acumulada em vários trabalhos desta natureza, a Dryas assume assim as suas responsabilidades enquanto agente relevante na condução deste debate no continente europeu.



Arquivo de Notícias