De vino et oleo hispaniae



Encontra-se prestes a ser publicado o artigo das actas do colóquio De vino et oleo hispaniae: áreas de producción y procesos tecnológicos del vino y del aceite en la Hispania romana. Esta reunião científica que contou com a presença da Dryas Arqueologia teve lugar no Museu Arqueológico de Múrcia e decorreu entre os dias 5 e 7 de Maio de 2010.

O artigo centra-se na comunicação realizada naquele encontro científico, intituladaTorcularium da villa da Aldeia do Grilo (Serpa, Alentejo, Portugal): dados arqueográficos, que visou a apresentação dos resultados obtidos na intervenção de arqueologia preventiva efectuada. O facto mais relevante da intervenção nesta villaromana, e que justificou a presença neste colóquio, foi a identificação de um lagar, de entre as várias estruturas postas a descoberto, na área que corresponderia à pars fructuaria

A identificação, ainda que parcial, deste torcularium traduziu-se na observação de umlacus, relativamente pequeno, e de uma plataforma de prensagem, podendo esta corresponder a um calcatorium. As evidências arqueológicas exumadas não permitiram apurar o tipo de produção (vinícola ou oleícola) ali realizado, apenas que a mesma terá cessado antes dos séculos IV / V d.C.

O colóquio De vino et oleo hispaniae, que reuniu dezenas de investigadores de várias nacionalidades, consistiu assim uma boa oportunidade de divulgação deste lagar, inédito, que se insere num quadro de relativa escassez deste tipo de estruturas de produção de época romana identificadas no Alentejo, residindo assim o interesse da comunicação levada a cabo pela Dryas Arqueologia.



Arquivo de Notícias