Museu à noite (Pinhel)



Nesta quinta-feira, 28 de Julho, apresentamos uma conferência centrada sobre os resultados da intervenção de arqueologia realizada por uma equipa Dryas no âmbito da obra de infra-estruturação do centro histórico da cidade de Pinhel.

Integrada na iniciativa “Museu à noite”, organizada pela Câmara Municipal de Pinhel, a conferência estará a cargo de Maria João Neves e Teresa Ferreira e versará sobre a longa intervenção dirigida por esta última e por Susana Nunes em Pinhel, nos anos de 2005 e 2006.

Esta intervenção compreendeu um trabalho continuado de acompanhamento arqueológico daquela obra de infra-estruturação, mas também diversas operações desondagens preventivas em áreas específicas nas quais as informações anteriores indiciavam uma particular sensibilidade arqueológica.

Desta intervenção resultou a identificação de um troço de muralha, para além de diversas outras ocorrências arqueológicas, de que ressalta sem margem para dúvidas a importância do registo osteoarqueológico de várias necrópoles medievais e modernas. Com efeito, duas intervenções de sondagens prévias permitiram confirmar e explorar parcialmente o registo de duas destas necrópoles, já conhecidas e nas quais antes se haviam realizado outras intervenções de Arqueologia: as necrópoles da Igreja de Santa Maria e da Igreja de São Martinho). Para além destas, ainda foram identificadas no próprio decurso dos trabalhos de acompanhamento arqueológico duas outras necrópoles que vieram enriquecer o registo arqueológico medieval e moderno da cidade, na Rua Silva Gouveia e junto à Igreja de Santiago.

Centrada sobre a interpretação destes vestígios de natureza bioantropológica, a conferência discute o relevo do contributo deste tipo de informações a história medieval e moderna da cidade de Pinhel, nomeadamente em virtude da identificação de áreas de necrópole em zonas onde documentos históricos noticiavam a presença de igrejas entretanto desaparecidas, algumas desde há vários séculos, factor crucial para a reconstituição diacrónica da vitalidade urbana do burgo em época medieval e moderna. 



Arquivo de Notícias