Estágio em Arqueologia



Decorre nas instalações da Dryas Octopetala a primeira fase de um estágio de Verão UC em Arqueologia assente na exploração do potencial de análise de dados artefactuais de uma importante intervenção do programa de investigação do grupo: a Piscina Coberta de Soure.

Dando seguimento ao objectivo social de transferência de conhecimentos para a sociedade do Grupo Dryas Octopetala, durante os meses de Julho e Agosto e integrado nos estágios de verão da Universidade de Coimbra a Dryas recebe uma estagiária para formação em contexto de trabalho. Este estágio integra uma forte componente de trabalho prático desenvolvido em ambiente empresarial permitindo uma aproximação conjugada dos estagiários com a realidade do quotidiano da empresa e trabalho de laboratório. Este estágio visa a aquisição das seguintes competências gerais: (1) conhecimento / noções do protocolo de tratamento e acondicionamento de material arqueológico; (2) noções de registo e inventário de material arqueológico; (3) noções básicas de morfotipologia de material arqueológico de contextos de diferentes épocas.

Margarida Ferreira, estudante da Licenciatura em Arqueologia e História, inicia assim a primeira fase do estágio, que incide em particular sobre a colecção arqueológica da intervenção da Piscina Coberta de Soure, desenvolvendo assim as tarefas de organização, lavagem, marcação, inventário e estudo preliminar do conjunto cerâmico genericamente integrável na Época Medieval / Moderna.

Com o acompanhamento e coordenação permanente da equipa técnica de Arqueologia da Dryas a par da execução destas tarefas têm sido desenvolvidas acções de formação relacionadas com a contextualização arqueológica dos conjuntos seleccionados para estudo.



Arquivo de Notícias