EIA da Quinta da Mata



A Dryas participou no Estudo Ambiental do empreendimento avícola da Quinta da Mata, em Sever do Vouga, nas proximidades de património arqueológico de reconhecida importância.

O projecto do Aviário da Quinta da Mata (Silveira, Talhadas, Sever do Vouga) prevê a ampliação do empreendimento através da construção de dois novos pavilhões, com afectação de uma área total de 9,1ha.

Estudos anteriores realizados na freguesia, realizados, quer no âmbito de projectos de investigação fundamental, quer no quadro de outras intervenções de arqueologia preventiva, assinalam o elevado potencial arqueológico da freguesia das Talhadas.

Destacam-se, na região, os sítios de arte rupestre e os diversos monumentos megalíticos pré-históricos, alguns integrados na necrópole de Chão de Redondo, cuja relevância patrimonial justifica o projecto “Ecomusealização da Paisagem – Escavação, Valorização e Dinamização – Animação Cultural e Turística”.

Assim, face à riqueza arqueológica e patrimonial da área envolvente àquela onde se virá a implementar o presente projecto, o promotor, propôs-se assegurar, de acordo com a legislação vigente, a realização de trabalhos arqueológicos de pré-avaliação de impactesdurante a fase prévia à obra.

Estas acções, que compreenderam trabalhos de recolha bibliográfica e documental, análise cartográfica, prospecção de superfície e de produção de cartografia e memórias descritivas, não resultaram na identificação de situações de risco de impacto directo das infra-estruturas projectadas sobre ocorrências patrimoniais.

Não obstante, foram identificados vestígios de 3 estruturas que servem uma compreensão do parcelamento e utilização dos terrenos em momento anterior à sua utilização industrial. Os vestígios, descritos em ficha de campo e devidamente cartografados, correspondem a duas estruturas pétreas de desenvolvimento linear e a um edifício de habitação, este último correspondendo a um exemplar da típica arquitectura vernácula da região. 



Arquivo de Notícias