DrnC’12: Rede Drenagens de Águas Residuais de Coimbra



A Dryas iniciou no 3º trimestre de 2012 trabalhos de acompanhamento arqueológico da Rede de Drenagens de Águas Residuais de Coimbra. A presença da equipa Dryas assegura assim o despiste e a avaliação de eventuais vestígios arqueológicos, constuindo mais um importante contributo para a preservação de bens patrimoniais do concelho de Coimbra.

Alicercado num programa de contratual com a empresa LusoSicó, S.A. a Dryas tem vindo a desenvolver desde o 3º trimestre de 2012 trabalhos de acompanhamento arqueológico da Rede de Drenagens de Águas Residuais de Coimbra em vários pontos do concelho.

Este programa de trabalhos consiste na monitorização contínua dos trabalhos de engenharia, com vista à detecção de eventuais vestígios arqueológicos, bem como a sua caracterização em termos valor científico e patrimonial e proposta de eventuais medidas de minimização a aplicar em fases subsequentes com vista à salvaguarda patrimonial.

No decorrer deste projecto será concretizada pela Dryas uma ampla acção de registo e despiste de áreas de grande sensibilidade arqueológica do concelho de Coimbra, encontrando-se, até ao momento, concluídos os trabalhos em três troços condicionados, designadamente Rua Alto da Eira (Sargento-mor), Rua dos Lamigueiros (Banhos Secos) e Rua dos Agueiros (S. Silvestre). Apesar de não terem sido identificados quaisquer vestígios arqueológicos a presença da equipa Dryas reveste-se de grande importância enquanto agente imediato de minimização de impactes e salvaguarda de bens patrimoniais. 



Arquivo de Notícias