Águas de Coimbra



O acompanhamento arqueológico dos trabalhos regulares das Águas de Coimbra produziu ontem mais dados para a compreensão da evolução das infra-estruturas urbanas da cidade.

A Dryas realiza desde 2012 o acompanhamento regular dos trabalhos de manutenção e reparação do sistema de águas da cidade de Coimbra.
Apesar de se tratar quase sempre de intervenções de reduzidas dimensões e escasso impacto sobre o registo arqueológico da cidade, esta opção por um acompanhamento sistemático, para mais realizado de forma continuada por uma mesma equipa de Arqueologia, tem permitido recolher fragmentos de informação relevantes para a história da cidade, sobretudo no que toca à evolução do seu sistema de gestão e distribuição de águas e saneamento.
Um acompanhamento pontual realizado ontem no Largo Augusto Hilário, na zona da Alta da Universidade, identificar mais um troço de uma antiga canalização. Trata-se, no caso, de um pequeno canalete de pedra com argamassada com tampas de xisto.
O troço exposto da estrutura foi limpo e documentado, prosseguindo depois a obra prevista para o local: o ramal de águas pluviais será instalado no interior do canalete, mas sem afectação qualquer extensiva da estrutura, devidamente protegida.




Notícias relacionadas:

Arquivo de Notícias